Notícias de Última Hora

Desgaste irregular dos Pneus: Quais as causas?


Você está em - Home - Mecânico BT - Desgaste irregular dos Pneus: Quais as causas?

A forma como seus pneus desgastam é um bom indicador de problemas em outras partes do seu carro. Padrões de desgaste anormais são muitas vezes causados pela necessidade de manutenção simples dos pneus, ou por conta do alinhamento.

Os pneus devem ser inspecionados uma vez por semana, para quem usa o veículo todos os dias, como uma quantidade mínima esperada. Aprendendo a ler os sinais de alerta precoce de problemas pode evitar o desgaste dos pneus que reduz a vida útil dos pneus ou antecipa a necessidade de levar o carro à oficina.

Como inspecionar os pneus?

Os pneus devem ser inspecionados de 3 maneiras.

  • Examine visualmente todos os 4 pneus. Furos, bolhas, objetos pontiagudos, desgaste, formas irregulares, calombos. Tudo que você não julgar normal.
  • Sinta o pneu com as mãos para detectar o desgaste, como tiras de metal que estão saindo pela borracha. Cuidado para não cortar as mãos. Dica: use uma luva de couro. Qualquer irregularidade, a luva irá “agarrar”, e você não vai se machucar.
  • Verifique todos os 4 pneus com um medidor de pressão de bolso.

Vamos ver o que a inspeção e o tipo de desgaste pode te dizer sobre seus pneus, e a solução ao seu problema.

Desgaste irregular de pneus: hiperinsuflação

O desgaste excessivo no centro da banda de rodagem indica que a pressão de ar no pneu é consistentemente muito alta. O pneu está suportando o peso do veículo consistentemente no centro da banda de rodagem, usando em excesso prematuramente. A pressão dos pneus deve ser sempre verificada com um calibrador de pneus de confiança. Ocasionalmente, esse padrão de desgaste pode resultar em pneus alargados em aros bem pequenos, com risco grande de estourar.

A cura para este problema, quando o desgaste já consumiu boa parte do pneu, é a troca do mesmo. Em alguns casos, pode ter ocorrido dano do aro, e haver a necessidade de troca do mesmo.

 

Uma imagem vale mais do que mil palavras. Mesmo assim, nós colocamos as mil palavras no artigo também, só pra ficar bem explicado o que está acontecendo com o pneu do seu carro. (Foto: cadillacautocenter.com.br)

Pneu gasto nas bordas: subenchimento

Este tipo de desgaste geralmente resulta do subenchimento consistente dos pneus. Quando um pneu está com pressão abaixo do recomendado, há muito contato com a estrada pelas bordas exteriores, que se desgastam prematuramente. A pressão dos pneus deve ser verificada com um medidor de pressão confiável.

Quando este tipo de desgaste ocorre, e a pressão do pneu não está errada, um componente de direção empenado, fora de alinhamento, desgastado, ou a necessidade de alinhamento das rodas, pode ser indicado. Comportamento anormal durante curvas pode indicar que há problemas na direção do veículo, e que foi a causa desse tipo de desgaste.

Desgaste excessivo de banda

É uma condição em que a extremidade de cada nervura desenvolve uma borda ligeiramente arredondada de um lado e uma ponta afiada do outro. Ao passar a sua mão sobre o pneu, normalmente você pode sentir as bordas mais “afiadas” antes de você ser capaz de vê-las.

A causa mais comum desse tipo de desgaste é o alinhamento incorreto das rodas em relação uma a outra (curvatura em biqueira, curvatura fora de biqueira), o que pode ser consertado com um alinhamento correto. Em alguns casos, este padrão de desgaste pode continuar após o alinhamento, o que pode ocorrer devido às buchas deterioradas na suspensão dianteira, fazendo com que o alinhamento das rodas mude quando o carro se movimenta na estrada. Faça uma boa checagem do sistema de suspensão do veículo, junto ao balanceamento, para não perder seu novo kit de pneus. E compre um bom kit de amortecedor, para garantir uma boa distribuição de peso do veículo.

Desgaste de pneus: causas de desgaste de um lado ou outro

Quando o lado interior ou exterior desgasta mais depressa do que do que o resto do pneu, é necessário o alinhamento das rodas. Há curvatura excessiva da suspensão dianteira, fazendo com que a roda a se incline demais para o interior ou exterior, colocando carga demais em um dos lados do pneu.

O carro pode precisar apenas do alinhamento, mas o desalinhamento pode também ocorrer devido problemas com o kit de amortecedor, homocinéticas, suportes de motos, ou buchas dos braços oscilantes desgastados. Como a carga do veículo tem um grande efeito sobre o alinhamento, certifique-se de que a carga do carro será distribuída igualmente entre os pneus do veículo, garantindo o equilíbrio do desgaste nos pneus.

Desgaste curvatura da banda ou desgaste irregular

Sulcos ou depressões que aparecem na borda da banda de rodagem de um lado ou do outro, quase sempre indicam peças desgastadas da suspensão. O ajuste do alinhamento das rodas raramente vai curar o problema sozinho. Qualquer componente desgastado que liga a roda ao carro (homocinética, rolamentos, amortecedores, molas, buchas, etc.) podem causar esta condição. Componentes desgastados devem ser substituídos por novos. O pneu gasto deve ser balanceado e, possivelmente, movido para uma localização diferente no carro, no rodízio de pneus. Ocasionalmente, as rodas que estão fora de balanço e alinhamento irão se desgastar dessa forma, mas vai aparecer como careca entre as extremidades externas e do centro da banda de rodagem.

 

 

Pneu com desgaste na segunda nervura

O desgaste na segunda nervura é normalmente encontrado apenas em pneus radiais, e aparece onde as correias de aço terminam em relação à banda de rodagem. Normalmente, esse tipo de desgaste pode ser reduzido ao mínimo, prestando muita atenção a pressão dos pneus e, frequentemente, à rotação dos pneus. Alguns fabricantes de automóveis e de pneus consideram uma pequena quantidade de desgaste na segunda nervura de um pneu radial normal, mas o excesso de desgaste indica que os pneus são grandes demais para as rodas. Tenha cuidado quando instalar pneus de grandes dimensões em rodas estreitas.

Pneus com vários tipos de desgaste

Pneus que apresentam mais de um tipo de desgaste demonstram que mais de um dos problemas acima estão acontecendo com o veículo. Nesse caso, além da troca dos pneus, deve ser realizada uma revisão completa do sistema de amortecimento dianteiro e traseiro do veículo, incluindo também os coxins do motor. Se o sistema foi revisado recentemente (menos de 2 anos, 5 mil km, ou o recomendado no manual do veículo), é importante levar o veículo a um bom mecânico, sabendo como identificar uma oficina de confiança para deixar seu veículo em boas mãos e ter os problemas consertados, antes que tenha um prejuízo ainda maior. O barato pode sair muito caro.

Tem ainda dúvidas sobre o desgaste dos pneus? Deixe nos comentários suas perguntas, que estamos aqui para te ajudar!

Fonte: Carro de garagem.

 









Comentários

08/02/2017 - Anthonylek

As you will inevitably learn on your path to losing weight, effective weight loss is not only about watching what you eat, but much more about changing your lifestyle. This means changing your habits and how you approach your day-to-day life. Read this information to help you throughout the process.