Notícias de Última Hora

Respostas dos candidatos sobre mobilidade [assunto: Tecnologia a serviço da mobilidade]


Você está em - Home - Noticias - Respostas dos candidatos sobre mobilidade [assunto: Tecnologia a serviço da mobilidade]

Numa iniciativa pioneira, as duas páginas relacionadas a mobilidade urbana, Belém Trânsito e Belém Infraestrutura e Mobilidade formularam perguntas, com base em sugestões enviadas pelos seus seguidores, para os principais candidatos a Prefeitura de

Belém, sobre variados temas em torno da Mobilidade Urbana.

Dividimos as respostas em 9 posts, o número de assuntos relativos a mobilidade, onde cada post terá as respostas de cada candidato relativo ao subtema tratado dentro da mobilidade urbana.

Nosso terceiro post é sobre Tecnologia da Informação.

Esta iniciativa tem como princípio fomentar o debate democrático e ajudar o seguidor/leitor/eleitor a, com menos em um dos vários assuntos que contemplam a gestão municipal, escolher seu candidato com base nos anseios que a sociedade tem, ao elegê-los.

Do fundo do coração, esperamos que gostem.

Equipe BT. 

 


 

 Nossas perguntas:

A internet e a vida mobile está presente diariamente na vida das pessoas, porém, no que se refere à integração das informações para com o meio digital, é quase nula, a não ser por iniciativas pontuais como Belem transito, Belem Infra e Mobilidade, Rota Urbana, Waze, etc.

Em várias capitais brasileiras os serviços de transporte estão presentes no dia­ a ­dia das pessoas, como por exemplo: ônibus com GPS mostram a posição exata do veículo, informando a posição das paradas e o horário de passagem dos Ônibus alinhados a serviços de mapas (como o Google Mapas) e rotas. Não há informações sobre paradas de ônibus, pontos de táxi, mototáxis e vans acessível a todos, de uma forma organizada e elucidativa.

Qual a sua posição sobre os aplicativos de transporte, como por exemplo o UBER? Teremos posição contrária à uma possível entrada do serviço em Belém? Qual a importância desta integração do transporte público de massa com o meio digital ? Seu governo adotará alguma estratégia para levar a tecnologia a serviço dos meios de transportes, citados no preambulo, como horários dos ônibus, rota, indicação de previsão de horários, e gps nos veículos de transporte de massa compartilhados na internet com fácil acesso? Explique como.

Respostas dos candidatos:


Resposta [Éder Mauro]

"Sistema semafórico inteligente, sensores que detectam em tempo real o fluxo dos veículos, controlando as fases de vermelho e verde, painéis de mensagens viárias, orientando os usuários sobre informações do trânsito através de letreiros eletrônicos distribuídos na cidade; Programa Cidade Protegida, deverá recuperar veículos roubados através da identificação das placas."


 

Resposta [Edmilson]

Nota: A assessoria decidiu fazer um vídeo ao vivo na página oficial do candidato, mesclando perguntas de seus próprios seguidores e perguntas do @belemtransito, sendo que algumas perguntas foram cortadas do enunciado oficial, redigidas por nós. 

 


 

Resposta [Úrsula]

"Uma das bases que a REDE SUSTENTABILIDADE assume em seu discurso é a atualização da política. Nisso se inclui não apena uma postura mais condizente com o que o cidadão almeja, mas também a atualização da maneira de governar e servir ao cidadão.

Não é cabível que, já avançados no século XXI, o serviço de mobilidade oferecido ao belenense seja idêntico ao do século passado. Isso não ajuda nem mesmo o gestor que, com a mesma tecnologia, tem de administrar um sistema muito maior e complexo. Toda tecnologia possível será adotada em nossa gestão.

No quesito à exploração de serviços comerciais pela introdução de novas tecnologias: o assunto é polêmico porque impõe questões muitas vezes ocultas. Os benefícios do Uber ao usuário são evidentes, mas, é um serviço viável do ponto de vista de quem opta por trabalhar com ele? Deve-se deixar que o mercado regule essa questão? Há muitas outras...

Pensamos que, como tudo o mais, as respostas devem ser construídas coletivamente, com intermediação da prefeitura que detém a prerrogativa de licenciar as atividades ligadas ao transporte público.

O próximo mandatário não pode ignorar o fato de que, ainda que benéficas ao usuário, novas tecnologias rearranjam o mercado de trabalho e podem causar efeitos colaterais indesejados. Uma boa forma de lidar com o impacto delas é preparar os setores atingidos por ela para que possam ser competitivos. Nesse sentido, talvez, seja possível requalificar os taxistas e a frota que detém para fazer frente a iniciativas como o Uber."


  

Resposta [Maneschy]

"É prioridade do professor Maneschy investimentos em tecnologias da informação para gerir o sistema de transporte, aplicativos e inovações tecnológicas, uma vez que proporciona melhor planejamento, maior controle, organização e integração das atividades relacionadas à mobilidade. Temas polêmicos serão tratados de forma democrática e participativa.  O mercado dispõe de inúmeros softwares e aplicativos para gestão nos transportes. Dependendo da situação poderão ser adquiridos, encomendados ou desenvolvidos nas Universidades da região."


 

Resposta [Zenaldo]

 


 

  

Resposta [Regina]

Nota: Assessoria da candidata recebeu as perguntas e confirmou recebimento, contudo, não respondeu às nossas demandas, infelizmente, empobrecendo o debate.









Comentários

Nenhum Comentario postado