/

A situação é grave! Seus dados do Facebook podem estar sendo vendidos num fórum hacker

Mais de 1.5 bilhão de dados do Facebook estão sendo vendidos hoje na dark web, o que pode ter relação direta com a falha no ecossistema da empresa.

Começar

Todos os aplicativos da rede do Facebook estão fora do ar: O evento já aconteceu outras vezes, mas é a primeira vez que fica tanto tempo inacessível. Já são mais de 5 horas sem o funcionamento dos serviços e não há previsão para o retorno. 

O que pode ter causado o problema? Há duas hipóteses principais sendo consideradas pelos especialistas em dados. 

A principal suspeita é que seja uma falha no DNS, Domain Name System, o Sistema de Nomes de Domínios. Trata-se de um protocolo que direciona o endereço nominal de um site ou aplicativo com o seu endereço real. O DNS é como se fosse o tradutor do endereço que você digita para o IP real da página que você deseja acessar. 

Quando há uma falha nesses sistemas o endereço de IP não pode ser localizado e nem mesmo os técnicos da empresa conseguem corrigir o problema. No caso do Facebook, o problema é tão sério que, por conta da pane, os funcionários da empresa não estariam conseguindo entrar na sede, porque precisam passar na catraca com uma carteirinha e o acesso está sendo negado.  

Se a hipótese de falha de DNS se confirmar, o que pode ter causado essa falha? 

Especialistas afirmam que uma simples mudança mal calculada pode ter causado o problema.

Invasão Hacker

Mas há outra suspeita bem preocupante que trabalha com a possibilidade de uma invasão Hacker. Segundo o site Privacy Affairs, informações pessoais e privadas do Facebook de mais de 1.5 bilhão de usuários estão sendo vendidas hoje em um fórum de hacker popular na dark web. 

Embora a postagem de venda desses dados seja de 22 de setembro, as informações passaram a ser movimentadas justamente hoje no dia da pane mundial do Facebook. Segundo as postagens realizadas no fórum, os dados disponíveis são: 

Nome

E-mail

Localização

Gênero

Número de telefone

ID de usuário

Os vendedores afirmam que esses dados não foram obtidos por meio de invasão, mas por “raspagem de dados” (o termo usado é data scrapping), que é quando robôs coletam informações que os próprios internautas configuram como públicas.

A nota oficial do Facebook diz que eles estão cientes de que as pessoas estão tendo problemas com a rede, e que estão trabalhando para voltar ao normal o mais rápido possível, além disso a empresa pede desculpas pelo inconveniente.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.