/

Bolsonaro leva atleta acusado de homofobia para “cercadinho” com apoiadores

Começar

AMIGOS! O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) levou nesta segunda-feira, 22, o jogador de vôlei Maurício Souza para a conversa que costuma ter com apoiadores na entrada do Palácio da Alvorada, o chamado “cercadinho”. Eles chegaram no mesmo carro e algumas pessoas aproveitaram para tirar foto com os dois. 

Bolsonaro e Maurício Souza

Maurício  foi dispensado pelo Minas Tênis Clube no fim de outubro em razão de suas postagens nas redes sociais. A decisão foi tomada após pressão de patrocinadores. Em 12 de outubro, o jogador criticou a história em quadrinhos do novo Super-Homem, na qual há um beijo entre o personagem e outro homem.

“Ah é só um desenho, não é nada demais. Vai nessa que vai ver onde vamos parar…”, escreveu o jogador. E ainda criticou a decisão da TV Globo de usar pronome neutro nas novelas, em respeito a pessoas que preferem não se identificar a um gênero específico.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD