/

Bolsonaro pode ser preso caso não cumpra mandado de isolamento social

Anvisa decretou que o presidente deve cumprir isolamento de 14 dias por entrar em contato com Marcelo Queiroga, que contraiu covid-19 durante viagem nos Estados Unidos.

Começar

O presidente Jair Bolsonaro pode pegar até um ano de prisão se não cumprir o mandado de isolamento social por 14 dias, enviado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), na madrugada desta quarta-feira (22), à casa da Presidência da República. O presidente estava nos Estados Unidos para participação na Assembleia Geral das Nações Unidas e chegou em terra brasileira na manhã de hoje, 22.

Em nota a Anvisa enviou um ofício dando instruções de medidas protetivas para manter o controle do novo coronavírus. Dentro dessas medidas é indicado que o presidente deva cumpri-las.  

A ordem de isolamento foi imposta depois que o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, foi diagnosticado com covid-19 ainda nos Estados Unidos.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.