////

Coluna do Danilo Lima | Após 19 anos, Xuxa e Marlene se reencontram!

Reencontro aconteceu no Sábado (27).

Começar

Para não dizer que não te assumo! Não gente, não rolou comeback, o encontro foi, exclusivamente, para gravação da série biográfica sobre a vida Xuxa Meneghel. Afinal, não tem como contar a vida da Rainha do Baixinhos, sem falar da lenda, Marlene Mattos.

Após 19 anos de rompimento, essa foi a primeira conversa e durou cerca de duas horas. O reencontro aconteceu no último sábado (27), na Cidade das Artes, na Zona Oeste do Rio de Janeiro, sob direção de Pedro Bial e de Cassia Dian.

Ambas vestidas de branco, protagonizaram um momento de muita emoção. Conversaram sobre mágoas e ressentimentos que por anos foram silenciados. Xuxa também ouviu o ponto de vista de sua ex-diretora e madrinha de batismo de Sasha Meneghel.

Em entrevista, Xuxa diz ter sido “roubada, enganada, usada e manipulada” por Malene.

Xuxa e Marlene Mattos trabalharam juntas por quase 20 anos. A relação começou em 1984 ainda na extinta TV Manchete, seguiu para a Rede Globo e romperam em 2002.

Em uma entrevista para o “Fantástico”, em novembro de 2021, Xuxa Meneghel apontou que o rompimento se deu por “abuso de poder”. Quando a jornalista Renata Ceribelli perguntou se “Marlene foi um marco na sua vida”, Xuxa comentou:

“Foi uma pessoa que mexeu muito com a minha cabeça. Não só com a minha, mas com a das Paquitas. As histórias se misturam quando a gente conversa sobre isso e vê que ela usou muito abuso de poder em cima da gente. A gente se considera pessoas que deixaram que tudo isso acontecesse com a vida da gente. Não fomos forçadas a fazer absolutamente nada. Eu deixei ela tomar conta da minha vida. Ela fazia as coisas e eu aceitava. Aceitar ser conivente é uma coisa que eu não aceito (hoje) de jeito nenhum. Nem dela, nem de ninguém. Ninguém fala o que eu tenho que vestir, ninguém fala o que eu tenho que falar, ninguém fala o que eu tenho que fazer. A não ser que eu concorde”, afirmou a Rainha dos Baixinhos.

Em entrevista à revista Veja, em 27 de janeiro deste ano, Xuxa afirma ter sido “roubada, enganada, usada e manipulada”. Segundo o colunista Ancelmo Góis, do jornal O Globo, Marlene Mattos foi à 42ª DP do Rio de Janeiro para registrar ocorrência de calúnia contra Xuxa. O caso só foi encaminhado ao Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro no fim de março, passando a tramitar no 9º Juizado Especial Criminal.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD