//

Criminosos que hackeiam redes sociais fazem mais vítimas em Belém

Começar

Os empresários Eliete e Rosivaldo Amaral, proprietários da empresa de turismo Thais Tour (@thaistour_oficial) foram vítimas de um golpe aplicado na véspera de Natal, que tem sido muito recorrente em Belém. Várias denúncias já chegaram ao BT especificamente com clientes da operadora Claro. O padrão do golpe é o mesmo: os bandidos conseguem roubar e mudar o plano da linha telefônica da vítima, hackeiam as redes sociais e e-mails da empresa, exigem uma quantia em dinheiro em troca e, diante da negativa das vítimas, os criminosos publicam vendas falsas nas contas roubadas. 

Perfil da empresa Thais Tour hackeado no Instagram

Segundo a proprietária, Eliete Amaral, o golpe foi aplicado na linha do esposo e também proprietário da empresa Rosivaldo Amaral. Ela explicou que primeiro o celular dele ficou sem rede e minutos depois o criminoso enviou um áudio para o Whatsapp de Rosivaldo dizendo que o Whatsapp, Facebook e Instagram da empresa tinham sido hackeados; depois perguntou como eles gostariam de negociar. 

Primeiro áudio enviado pelos criminosos no Whatsapp
Mensagens trocadas com os criminosos pelo Whatsapp

Logo em seguida o golpista mandou outro áudio dizendo que não faria nada, mas que deveriam negociar, pois estava tudo nas mãos dos criminosos, que exigiram R$500 para devolver os acessos. Eles enviaram uma chave pix para o depósito da quantia.

Segundo áudio enviado pelos criminosos no Whatsapp
Mensagens trocadas com os criminosos pelo Whatsapp
Criminosos exigem R$500 para “devolver” as contas

O casal não aceitou dar dinheiro aos criminosos, que começaram a tentar aplicar golpes nos seguidores da empresa Thais Tour pelas redes sociais. Eles anunciaram um pacote de viagem para o carnaval em Florianópolis por R$499, preço muito abaixo do praticado no mercado. Segundo Rosivaldo, dois clientes da empresa disseram a ele que caíram no golpe e efetuaram o pagamento pela falsa viagem.

Venda de falso pacote dde viagem anunciada pelos criminosos

Eliete e Rosivaldo registraram Boletim de Ocorrência, mas não têm muita esperança de que algo seja feito. Eles criaram um novo perfil para a empresa, o @thaistour_oficial, e pedem que as pessoas denunciem a conta hackeada (@thaistour). Os contatos oficiais da empresa são: 98449-9745 / 98133-5946.

Os empresários também alertam os clientes para o golpe de vendas de produtos falsos: “Não recebemos pagamentos antes de enviar o contrato da empresa de prestação de serviço e os dados de pagamento da empresa e CNPJ”, explicou Eliete.

Nós entramos em contato com a Claro e aguardamos um posicionamento sobre as ocorrências.

Segurança nas redes

Especialistas em tecnologia alertam que a verificação em duas etapas ajuda a defender os perfis em redes sociais de acessos indevidos, seja por meio de vazamento de dados ou fraudes. O sistema pode ser ativado nas configurações de cada rede e funciona com a geração de códigos únicos e temporários, além da senha, que valide a legitimidade do acesso. A verificação pode ser feita por meio de SMS (um dos meios menos seguros), ou por meio de um aplicativo autenticador ou ainda por meio de uma conta que já esteja validada ou logada em outro dispositivo.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD