//

Governo e Congresso discutem a possibilidade de legalização dos jogos de azar

Cassinos e jogos como o jogo do bicho são proibidos no país desde 1946.

Começar

A câmara reabriu uma antiga discussão sobre a liberação dos ditos jogos de azar como cassinos e o jogo do bicho. A proposta também tem o intuito de tornar mais claras as regras de jogos eletrônicos como poker e sinuca. O ministério da economia e o ministério do turismo estariam fazendo pesquisas para ampliar a discussão. 

Jogos como esses são legalmente proibidos no Brasil há 80 anos. 

O argumento dos partidos do conhecido Centrão, base aliada ao governo, é que a liberação seria favorável à economia e ao turismo. Já a outra base de partidos que também compõem os aliados ao presidente, a conhecida bancada evangélica, se diz contrária à liberação. Em entrevista concedida à revista Veja em setembro, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) se declarou contrário à liberação desses jogos. Entretanto, Flávio Bolsonaro (Patriota-RJ), filho do presidente, é abertamente favorável à decisão.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD