//

Influenciadora digital é dopada e abusada sexualmente ‘estava com as minhas partes íntimas feridas’

Começar

Uma influencer digital, conhecida como Duda Martins, relatou em suas redes sociais que foi dopada e abusada sexualmente em Maceió, capital do estado de Alagoas. Segundo a influenciadora, o crime aconteceu no dia 29 de dezembro de 2021 após um encontro em um bar na Praia de Ponta Verde, área turística da capital.

Duda contou em uma live no instragram acompanhada da advogada Júlia Nunes, que encontrou com um homem que já conhecia em um bar às 14h35 do último dia 29, e após beber três doses de gim, perdeu a consciência.

A infuencer que tinha um compromisso marcado as 17h, foi procurada pelo amigo que iria encontra-la mas não foi localizada. Segundo Duda, as mensagens não chegaram ao seu celular que já estava desligado, supostamente pelo agressor.

Ela conta que acordou as três da manhã do dia seguinte no sofá do homem, sem saber onde estava e sem o celular.

Após chagar em casa, Duda diz que percebeu estar sem a roupas intimas. Ela diz que não lembra de nada do que ocorreu, mas que sente dores por todo o corpo principalmente nas partes intimas e após exames, comprovou os ferimentos, hematomas e sinais de abuso sexual.

Depois de rastrear o celular, ela diz que descobriu que o aparelho estava na casa do suposto abusador.

O boletim de ocorrência foi registrado na 1ª Delegacia Especializada de Defesa dos Direitos da Mulher, no Centro de Maceió. Ela também já fez exames ocorrência foi registrado na delegacia da mulher. Ela recebeu os primeiros atendimentos no Hospital da Mulher, onde realizou exames e tomou um coquetel de remédios.

“Eu só tenho a sensação de que eu estou machucada, tem as fotos que a doutora tirou, tinha hematomas no peito, galo na cabeça, estava com as minhas partes íntimas feridas, então, eu não estava só dopada, eu estava totalmente ferida. Quando eu acordei, fui retornar consciência, eu estava no sofá dele. Nesse momento eu nem tinha percebido que eu estava sem calcinha”.

“Ele falou, por exemplo, que eu arranhei ele. Imagina se uma pessoa está em cima de você, mesmo indefesa tentei me defender, arranhando ele. Porém, por estar dopada, drogada, eu não tinha força suficiente pra tirar um homem que é maior que eu, e mais pesado do que eu”, disse Duda.

Ela disse que fez a live pois após a denuncia, nada foi feito. Advogada de Duda frisou que também processará as pessoas que estão ofendendo a influencer via redes sociais após a denuncia do caso.

 Eu estava me sentindo suja, invadida e simplesmente não conseguia me sentir pelas últimas 24 horas. O direito de escolha foi tirado de mim, eu não sei se o pior de tudo foi não lembrar e não ter a certeza de nada do que foi feito e do que aconteceu.”  diz Duda no texto postado nas redes sociais.

O acusado, que não mora em Alagoas, negou as acusações.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD