/

Justiça conseguiu notificar o deputado Fernando Cury por importunação sexual

Depois de seis meses a justiça conseguiu localizar o deputado.

Começar

O deputado estadual Fernando Cury do partido cidadania, foi notificado pela justiça, nesta sexta-feira, 15, por importunação sexual. Fernando foi denunciado pelo Ministério Público em março deste ano.  Desde abril  a justiça tentava localizá-lo para dar início ao processo.

O parlamentar ao ser questionado sobre a demora da justiça o encontrar disse que todos os endereços e agendas são públicos e de fácil acesso.

Depois de 180 dias de suspensão,  por passar a mão na também deputada Isa Penna (PSOL), Cury retomou o mandato na Assembleia Legislativa de São Paulo (Alesp), no início do mês de outubro. 

Em dezembro do ano passado uma câmera da Alesp flagrou o deputado passando a mão no seio da deputada, durante uma sessão extraordinária para votar o orçamento do estado. Depois da sessão Isa Penna registrou um boletim de ocorrência contra Fernando Cury, por importunação sexual. 

Em uma nota divulgada pela deputada, ela e outras parlamentares já foram assediadas em outras ocasiões. “ A deputada Isa Penna é conhecida por atuar em prol do combate à violência contra as mulheres e afirma que a violência política de gênero que sofreu publicamente na ALESP infelizmente não é um caso excepcional, dado que ela e as deputadas Mônica Seixas e Erica Malunguinho, do mesmo partido, já foram assediadas em ocasiões anteriores”, diz a nota.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD