/

Ministério da economia teria interesse na propagação da falsa informação de eficácia da cloroquina no tratamento da Covid

Começar

A advogada Bruna Morato, representou os médicos denunciantes da Prevent Senior na CPI da COVID. Em depoimento a advogada relatou que o ministério da economia tinha interesse em experimentos feitos com pacientes do plano de saúde com foco no tratamento de idosos. Segundo a advogada, a preocupação central era impedir o lockdown para que a economia não parasse.
A empresa, que segundo a CPI tem como lema “lealdade e obediência”, segue sendo investigada. Ainda segundo o depoimento, o procedimento tomado em algumas unidades quando um paciente estava internado há mais de 10 dias era reduzir o oxigênio. A frase que mais marcou o depoimento de Bruna Morato foi “Óbito também é alta” referindo-se aos procedimentos tomados quando um paciente morria na UTI.
Hoje a CPI ouve o depoimento de Luciano Hang, fundador e proprietário das lojas Havan

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.