//

Moradores de Ananindeua denunciam sujeira e desorganização em cemitério público

Segundo moradores, só havia um coveiro na manhã desta terça-feira, 3, auxiliando os visitantes.

Começar

Moradores do bairro Águas Brancas em Ananindeua denunciam a situação do cemitério público Girassol. Segundo as denúncias, neste dia de Finados, o local está sujo e desorganizado para receber os visitantes. “Não foi limpo nada, não foi capinado, tá tudo sujo, tudo abandonado”, reclamou uma moradora. 

Além da reclamação pela falta de limpeza, moradores dizem que não havia funcionários no local para auxiliar os moradores a encontrar as sepulturas. “Não tem nenhum coveiro, ninguém para auxiliar. Familiares totalmente perdidos. Tinha uma senhora passando mal porque tava atrás do túmulo do familiar dela”, disse o denunciante.

Outra situação seria com o livro de identificação das pessoas falecidas. Sem ninguém para auxiliar, os parentes buscavam por conta própria os registros e rasgaram páginas do documento.

Diferente do que aparece nas imagens, a prefeitura de Ananindeua disse em nota que desde o dia 25 de outubro os três cemitérios públicos de Ananindeua receberam serviços de limpeza e roçagem. Ainda segundo a prefeitura, há uma equipe da Secretaria de Cidadania, Assistência Social e Trabalho (Semcat) durante todo o dia de hoje,2, nos cemitérios para realizar serviços de sepultamento e informar a localização dos túmulos para que as famílias possam prestar suas homenagens. Sobre a identificação como colocar lápide, cruz, flores e manutenção da sepultura, a prefeitura informou que cabe exclusivamente ao familiar fazer isto.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD