/

Não vacinados precisam fazer isolamento ao chegar ao Brasil. Veja as novas regras

Todos que chegarem ao Brasil de avião devem apresentar o comprovante de vacinação. Não vacinados devem fazer quarentena no destino final.

Começar

A partir do próximo sábado, 11, pessoas que chegarem ao Brasil, por via aérea, sejam brasileiros ou não, devem fazer uma quarentena de cinco dias caso não apresentem o comprovante de vacinação contra a covid-19. Permanescerá sendo exigido um teste negativo para o vírus.

Antes da decisão, viajantes de chagada ao país por avião, precisavam apresentar somente a Declaração de Saúde do Viajante (DSV), e o exame RT-PCR negativo. O exame tinha que ser feito no máximo 72 horas antes de viajar.

O comprovante de vacinação deve ser apresentado com vacinas aprovadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS), pela Anvisa, ou por autoridades do do País de onde o viajante recebeu a dose. A segunda dose, ou a dose única em caos de vacinas de apenas uma aplicação, tem que ter acontecido no mínimo 14 dias antes da viagem. Permanece obrigatória a apresentação de teste de Covid negativo. Exames antígeno ou PCR. O teste de antígeno deve ser feito até 24h antes da vagem o PCR, até 72 horas antes. Comprovante do preenchimento da Declaração de Saúde do Viajante (DSV) em até, no máximo, 24h antes do embarque.

A pessoa que chegar ao país, seja brasileiro ou não, que não tiver o comprovante de vacinação, ou que recebeu a vacina 14 dias antes da viagem, pode entrar no país, mas terá que ficar em quarentena de cinco dias no endereço registrado na Declaração de Saúde do Viajante, já em seu destino final.

Após o período estipulado, um novo teste antígeno ou PCR precisa ser feito. Se o resultado for negativo ou não detectável, a pessoa fica liberada, a quarentena é encerrada.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD