//

Natal dos paraenses: devotos renovam a fé após perdas de familiares para a covid

A festa mais esperada pelos paraenses, está sendo comemorado de forma diferente pelo segundo ano consecutivo.

Começar

O Círio de Nazaré é considerado o natal dos paraenses. As famílias se preparam durante semanas para receber parentes e amigos, produzindo receitas com comidas típicas e passeios durante a festividade nazarena. Com o início da pandemia em 2020 por conta do coronavírus,  as famílias tiveram que ressignificar esse momento, fazendo-se presente através de vídeos chamadas, enquanto isso outras tiveram que mudar a rotina pela perda de entes queridos. 

O cozinheiro Wilton Nascimento perdeu oito pessoas da família, entre elas, a mãe e o irmão, no final do ano de 2020, para a covid-19. “ Foi nesse período de quadra nazarena, como chamamos, que meu irmão e minha mãe se contaminaram, saíram para ver uma exposição e depois foram lanchar”, explica.

Wilton é devoto de nossa senhora e começava as comemorações com a família desde a novena, oração feita para a Virgem de Nazaré durante nove dias. Ele afirma que ainda está muito sentido e não consegue seguir o mesmo ritmo de comemoração dos outros anos, mas tentou, e completa dizendo que muitas pessoas não seguem as medidas básicas para evitar a contaminação. “Até tentei manter a tradição aqui em casa, mesmo sozinho, mas pouquíssimas pessoas participaram seguindo o protocolo de saúde”, diz. 

Nesta sexta-feira, 7, o Brasil ultrapassou 600 mil mortos pelo novo coronavírus, o número foi atingido enquanto o país está em desaceleração de contaminados e mortos. A média de morte diária está em 438, o menor número desde novembro do ano passado.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.