//

Pega a pipoca | Casa Gucci: a história por trás do filme de Lady Gaga e Adam Driver

Casa Gucci: o filme que já estreou polêmico. Quem esperava uma novelão, se divertiu; quem queria filme de arte, reclamou. Mas, Lady Gaga, mais uma vez, se destacou.

Começar

Estrelado pela cantora, compositora e atriz Lady Gaga e pelo ator indicado ao Oscar, Adam Driver (O Kylo Ren da última trilogia de Star Wars), Casa Gucci (House of Gucci), conta a história de Patrizia Reggiani, a socialite italiana que mandou matar o ex-marido Maurizio, um dos herdeiros do império Gucci.

Pôster Casa Gucci. Imagem: Reprodução internet

Casos de família da Itália:

Patrizia Reggiani (Lady Gaga), era filha de pais com origem simples que enriqueceram mas que não faziam parte da alta sociedade de Milão. Rica e mimada, conheceu Maurizio Gucci, Herdeiro do império Gucci em uma festa. Com o tempo, os dois se apaixonaram, mas o pai de Maurizio era contra o relacionamento, pois acreditava que Patrizia queria apenas ter o Nome Gucci e o poder que o nome carregava.

Mesmo com a reprovação da família, o Maurizio e Patrizia se casaram em 1972. O casal teve duas filhas, Allegra e Alessandra.

Maurizio e Patrizia em 1972

Após o falecimento do Pai, Rodolfo Gucci, o herdeiro ficou com 50% do império Gucci. Os outros 50% ficaram com seu Tio, Aldo Gucci e com seus primos. Maurizio entrou em uma batalha judicial contra o próprio Tio para disputar a presidência da empresa e para conseguir o objetivo, convenceu o primo, Paulo Gucci, filho de Aldo, a vender as ações que estavam em seu poder e assim ser, além de maior acionista, o presidente da empresa.

No meio de toda essa disputa judicial, o casamento de Maurizio e Patrizia desmoronou. O agora presidente do império Gucci traiu a esposa com uma antiga amiga, Paola Franchi. Ele abandonou a esposa e as filhas para viver o novo relacionamento, mas só pediu o divorcio oficialmente quase 10 anos depois.

Ressentida com o ex-marido:

Em 27 de março de 1995 Maurizio foi abordado por um homem na entrada do prédio onde ficava seu escritório, e foi atingido por quatro tiros, três vezes nas costas e uma na cabeça. Ele morreu no local. A única testemunha do crime foi um funcionário que também foi baleado, mas sobreviveu.

A ex-esposa, Patrizia, foi apontada como suspeita desde o início, mas só após dois anos uma testemunha apontou a mulher como a mandante do assassinato. Ela sempre falou abertamente sobre o desejo de ver o ex morto.

Julgada por ser mandante do crime, Patrizia foi condenada a 29 anos de prisão, no chamado “julgamento do século”. Sobre o tempo presa, Patrizia disse que dormiu muito, cuidou de plantas e de seu furão de estimação, o qual pôde ser levado para a prisão com ela. Em 2011 ela recebeu a oferta de liberdade condicional, mas recusou, pois a condição seria arrumar um emprego:

“Eu nunca trabalhei na vida, não vou começar a fazer isso agora.”

Após 18 anos, em 2016, ela enfim recebeu a condicional e passou a trabalhar como consultora na empresa de joias Bozart.

Lady Gaga (à esquerda), no filme Casa Gucci e a verdadeira Patrizia Reggiani (à direita)

Patrizia hoje:

Hoje, aos 72 anos, Patrizia Reggiani disse estar feliz por ser interpretada por Lady Gaga, mas reclamou por a artista não a ter procurado para se consultar sobre a interpretação.

“Fiquei incomodada com o fato de Lady Gaga me interpretar no filme de Ridley Scott sem nem ter feito a cortesia ou ter tido o bom senso se me encontrar e me conhecer. Não tem nada a ver com dinheiro porque eu não vou aceitar um único centavo do filme. É sobre bom senso e respeito. Eu digo isso com toda a simpatia e apreço que tenho por ela”, lamentou a Socialite.

A família Gucci não gostou do Filme:

Os herdeiros Gucci, declararam em carta aberta no dia 29 de novembro, que pretendem entrar com uma ação contra o filme.

O diretor e o elenco:

Casa Gucci conta com elenco composto não apenas pela estrela pop Lady Gaga e o ator Adam Driver, como também pelo ator, cantor e Coringa mais rejeitado do rolê, Jared Leto, além de Al Pacino, o eterno Scarface, a atriz Salma Hayek, que brilhou nos cinemas em Frida, de 2002.

O diretor é Ridley Scott, responsável “apenas” por clássicos como Blade Runner, Alien, o Oitavo Passageiro, Gladiador e o icônico Thelma & Louise.

Onde eu vejo o filme, BT?

O filme tem horários disponíveis no UCI, localizado no Shopping Bosque Grão-Pará, nas duas unidades dos cinemas Moviecom e para a galera de Ananindeua, o filme também está disponível no Cinesytem, localizado no Shopping Metrópole.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD