Sem Descrição
//

Profissionais da UPA da Terra Firme entram em greve, Sesma alega atraso nos repasses federais

Começar

Em Belém, pacientes que procuram a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Terra Firme desde a tarde de terça-feira, 23, reclamaram da falta de atendimento.

Alguns integrantes do corpo clínico entraram em contato com a equipe do Portal Belém Trânsito para denunciar o atraso no pagamento de salários, que vem ocorrendo desde o mês de setembro. As atividades seguem paralisadas na unidade.

Um dos médicos, que preferiu não se identificar, alegou ao BT que a atitude é um desrespeito com os profissionais.

A sesma informou e nota:

A Secretaria Municipal de Saúde de Belém (Sesma) informa que houve um atraso no repasse dos recursos federais que são destinados para que uma Organização Social (OS) execute os serviços de saúde na Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do bairro da Terra Firme. Os médicos que prestam serviços na UPA do bairro são contratados por essa OS. A situação do atraso no repasse dos recursos já está sendo regularizada. Ainda assim, a Sesma reforça que existe um contrato que estabelece que os serviços não podem ser descontinuados pela OS na unidade. Uma reunião será realizada nesta quinta-feira, 25, na Sesma, com os representantes da OS para que os serviços na unidade sejam retomados na totalidade.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD