/

“Protege todos”. Técnico do Liverpool compara vacinação com lei que proíbe beber e dirigir

O campeonato inglês é cercado pela polêmica de que a maior parte dos jogadores não quer se vacinar.

Começar

O treinador do Liverpool, Junger Klopp, manifestou uma posição a favor da vacina durante uma entrevista coletiva. Ele disse que 99% do time está vacinado e criticou o argumento dos antivax de que se vacinar seria falta de liberdade. 

No trecho da entrevista que circula na internet, Klopp compara a vacinação com a lei que proíbe beber e dirigir: “a lei não está lá para me proteger ao dirigir depois de beber, ela existe para proteger todas as outras pessoas quando eu estou bêbado e com vontade de dirigir. Nós aceitamos isso como lei. Eu não tomo a vacina apenas para me proteger, como também para proteger todos ao meu redor. E eu não entendo como isso pode ser interpretado como limitação da liberdade. Se for assim, então não poder beber e dirigir também é”. 

A declaração de Klopp acontece em meio à polêmica do Campeonato Inglês, quando mais da metade dos jogadores da 1ª divisão não está com a vacinação completa e acreditam em teorias da conspiração envolvendo Bill Gates, infertilidade e o poder das vitaminas.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.