//

Protesto na BR-316: Servidores do Hospital Metropolitano reivindicam pagamento do 13º

A engarrafamento segue intenso. A manifestação bloqueia o sentido Ananindeua Belém.

Começar

Os servidores do Hospital Metropolitano de Urgência e Emergência (HMUE), localizado na BR-316 em Ananindeua, protestam nesta terça-feira, 21, o não pagamento do 13° salário, além do reajuste salarial que segundo os funcionários, está em atraso há três anos.

Os funcionários já haviam anunciado a manifestação na noite de ontem.

A BR está fechada no sentido Ananindeua-Belém.

Os manifestantes bloquearam a via com pedaços de madeira e levantas cartazes em reinvindicação.

No início da manhã de hoje, 21, o governador Helder Barbalho informou via redes sociais que o salário dos servidores já está na conta a partir desta terça.

O hospital Metropolitano informou em nota para a imprensa que está empenhado em garantir os recursos necessários para o pagamento do 13º salário dos colaboradores ainda nesta semana. O hospital também informou que a pandemia impactou no contrato da gestão.

“Em decorrência da pandemia da Covid-19, houve um desequilíbrio econômico-financeiro que vem impactando diretamente no contrato de gestão. Reconhecido pela excelência de seus serviços e por cumprir rigorosamente as demandas trabalhistas, o HMUE absorveu a alta demanda de pacientes e o crescente aumento dos preços de insumos, desde o início da pandemia.”

O hospital informou que até o momento, a unidade não recebeu nenhum indicativo de manifestação pelo sindicato e o atendimento está sendo realizado normalmente.

O trânsito segue lento no local

A BR segue parada.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD