/

Sara Winter diz que general Heleno deu ordem para “redirecionar todos os esforços contra o STF”

Entrevista foi dada à revista IstoÉ

Começar

A ex-aliada de Bolsonaro, Sara Winter, disse à revista Istoé que o ministro-chefe do gabinete de segurança institucional da presidência da República, General Augusto Heleno, e alguns deputados federais bolsonaristas, atuaram na organização do chamado “Acampamento dos 300”, instalado em maio de 2020 em Brasília.

O acampamento fez parte de ações bolsonaristas contra as instituições da República. O principal alvo das manifestações era o então presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, mas, na entrevista, publicada nesta sexta-feira, 19, a ex-ativista da extrema direita disse que Heleno a chamou até o Palácio do Planalto para dar orientações.

“Ele pediu para deixar de bater na imprensa e no Maia e redirecionar todos os esforços contra o STF”, disse.

Em junho de 2020, Sara ficou presa por nove dias por determinação do ministro do STF, Alexandre de Moraes. A ativista foi acusada de fazer apologia a atos antidemocráticos.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD