//

Site da prefeitura de Barcarena é hackeado

A invasão feita na noite de ontem (17), teria sido reivindicada pelo grupo Anonymous, porém não existem confirmações oficiais da autoria.

Começar

O site oficial da prefeitura de Barcarena, município do nordeste do Pará, foi invadido na noite de ontem, 17 de outubro. Um vídeo supostamente do grupo Anonymous, foi postado no lugar das informações do site.

Segundo o vídeo, a ação foi motivada pelo despejo de famílias quilombolas que viviam na cidade e teriam sido retiradas no local para a instalação de uma rede de esgoto.

O site da prefeitura hackeado. Imagem: reprodução internet

O que é dito no vídeo:

No vídeo postado nas redes sociais e no site da prefeitura, está uma pessoa usando máscara, com a voz distorcida, características conhecidas dos vídeos do grupo Anonymous. A autoria da postagem não foi oficialmente confirmada.

No vídeo é dita a seguinte mensagem:

“Saudações, cidadãos do mundo. Saudações, cidadãos do Brasil.

Esta é uma mensagem de Anonymous.

No último dia 14 tivemos que assistir a mais uma atrocidade perpetrada pelo estado brasileiro contra uma parcela marginalizada de sua população. Em meio à maior crise sanitária da história, diversas famílias de uma comunidade quilombola indígena foram despejadas da área em que viviam a partir de uma ação determinada por Renato Ogawa, prefeito da cidade de Barcarena, no Pará.

Essas famílias, que haviam sido expulsas outras vezes pelo Estado das terras que habitavam há mais de 20 anos, já haviam sido reconhecidas como parte de uma comunidade”

O caso das famílias quilombolas:

Famílias quilombolas que moravam no Quilombo Sítio Conceição, teriam sido despejadas pela prefeitura do município na ultima quinta-feira, 14 de outubro. Segundo as lideranças do quilombo, quatro casas teriam sido destruídas para construção de uma estação de tratamento de esgoto. Ainda segundo as lideranças, essas famílias ficaram desabrigadas.

A prefeitura, negou e disse oficialmente que no terreno em questão não havia habitações e que nenhuma família foi removida do local.

Até o momento, não se tem confirmação oficial da autoria da invasão.

Atualização: A prefeitura de Barcarena se manifestou por nota:

A prefeitura de Barcarena informa que foi vítima de um ataque cibernético na noite do último domingo (17), quando teve o seu site invadido e adulterado. A autoria do ataque ainda não foi confirmada. Todas as providências técnicas e jurídicas já estão sendo tomadas.
Sobre a motivação da invasão, a prefeitura esclarece que a Ação de Imissão de Posse ocorrida na semana passada em um terreno de propriedade da prefeitura, no bairro Pioneiro, teve amparo da Justiça e que não houve despejo de famílias ou qualquer tipo de violência, uma vez que não há habitações na referida área (que há anos abriga uma estação de tratamento de esgoto – ETE), agora reativada pela prefeitura, beneficiando milhares de famílias com saneamento básico, mais saúde e dignidade.
A prefeitura de Barcarena reafirma o seu compromisso com a garantia de direitos, o respeito à legalidade e, sobretudo, ao bem comum da população

O site já foi recuperado e funciona normalmente.

Confira o vídeo na integra:

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD