///

Subvariante Delta detectada em Belém: Sesma emite alerta para a população

A secretaria ressalta que a subvariante do vírus pode não ser detectado por testes rápidos e pelo PCR. 

Começar

A Secretaria Municipal de Saúde de Belém – Sesma emitiu na noite de ontem (22), uma nota por meio das redes sociais da prefeitura de Belém, alertando a população para a circulação da subvariante Delta em Belém. 

A variação da sepa Delta da Covid-19 é denominada de AY.33. A  variação foi detectada em mais de 20 países e segundo a Sesma, já circula pela capital paraense. 

A secretaria ressalta que a variação da sepa pode não ser detectado por testes rápidos e pelo PCR. 

Alerta da Secretaria Municipal de Saúde de Belém – Sesma por meio das redes sociais da Prefeitura de Belém

O alerta também foi emitido em hospitais para que sejam  comunicados imediatamente casos de covid-19 com origem em outros estados e países.  O órgão também recomenda a manutenção dos protocolos de segurança para a população de Belém. 

A recomendação é que qualquer pessoa que apresente sintomas compatíveis com COVID permaneça em isolamento por 14 dias.  

Esta variante foi detectada após o sequenciamento 116 amostras do vírus SARS-CoV-2 obtidas de pacientes da capital paraense. O sequenciamento foi feito pela Sesma, por meio do Departamento de Vigilância à Saúde, em parceria com o laboratório de Genética Humana e Médica do Instituto de Ciências Biológicas da Universidade Federal do Pará (Ufpa).

Segundo a prefeitura, a taxa de ocupação de leitos em Belém tanto em enfermarias, quanto em UTI’s é de 0%. Nos últimos sete dias, houve 21 casos da doença na cidade. 
No Pará, mais de 596 mil casos de covid foram confirmados desde o início da pandemia. Entre eles, 16.724 mil mortes.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD