/

TSE nega recurso e Jatene está inelegível

Jatene foi condenado em 2017 pelo TRE.

Começar

O ex-governador do Pará, Simão Jatene, continua inelegível até 2022. O Tribunal Superior Eleitoral negou nesta quinta-feira, 21, o recurso de Jatene, que foi condenado em 2017 pelo TRE por abuso de poder político e compra de votos na distribuição do Cheque Moradia nos meses que antecederam as eleições estaduais de 2014. 

No período das eleições, o valor do cheque moradia mais que triplicou. O mês com maior investimento do programa havia sido em janeiro, com o valor de R$ 9 milhões. No mês de agosto o gasto foi de R$ 15 milhões e em setembro chegou a R$31 milhões.

Segundo a ação judicial, o número de eventos do Cheque Moradia aumentaram, assim como a quantidade de processos abertos pelo programa e a entrega dos cheques. Os eleitores contemplados prometiam votos a Simão Jatene e a Zequinha Marinho.

Deixe sua resposta

Your email address will not be published.

Fechar AD